A Volvo tem se empenhado na meta de eletrificar sua gama de produtos, com versões híbridas e também com modelos totalmente elétricos. E depois de lançar no Brasil as versões que combinam motores a gasolina com elétricos de XC90, XC60 e S60, a marca sueca acaba de lançar o X40 T5 R-Design. O jipinho híbrido, que deveria ter sido lançado na segunda quinzena de março, teve sua apresentação adiada devido à pandemia do coronavírus Covid-19, mas já pode ser encomendado desde antes do isolamento social. 

Segundo a marca, o jipinho estreia como pioneiro no segmento de SUV compacto premium, com a opção híbrida plug-in (com carregamento externo), com preço sugerido de R$ 245.950. E será com o XC40 que a Volvo pretende fazer maior volume, uma vez que se trata da opção híbrida mais acessível da marca. Mas nem por isso inferior aos irmãos mais caros. 

A versão chega para ocupar o topo da linha XC40, e conta com motor 1.5 combinado com unidade elétrica que gera potência de 262 cv e transmissão automática de sete marchas. Segundo o diretor de Produto, André Bassetto, a média de consumo de gasolina do jipinho híbrido é de 25 km/l, na cidade e 24 km/l, na estrada, que segundo ele pode gerar uma autonomia de até 800 quilômetros.

O XC40 T5 R-Design pode ser carregado em tomada 220V, com torre de carregamento rápido, eletroposto e também pelo motor a combustão, bastando ativar a função Charge, na central multimídia.

Ao contrário dos demais modelos híbridos, o XC40 híbrido tem motor a gasolina e elétrico montados no eixo dianteiro, sem opção de tração integral. Mesmo assim, há função off-road, que ajusta distribuição de torque e velocidade máxima. 

Conteúdos

O XC40 T5 Plug-in Hybrid conta com pacote sofisticado com direito a quadro de instrumentos digital em TFT de 12,3 polegadas, central multimídia de 9 polegadas, com posicionamento vertical (que controla todas as funções do carro, além de oferecer Apple CarPlay e Android Auto e câmera de ré). O jipinho ainda conta com sistema de áudio Harman/Kardon, abertura automática do port-malas com sensor abaixo do para-choque, faróis Full LED e rodas aro 20

O pacote de segurança é composto pelo sistema Intellisafe, que conta com radar e câmera montados próximo ao retrovisor interno que acionam equipamentos como Controle de Cruzeiro Adaptativo (ACC), Pilot Assist, City Safety (frenagem automática contra pedestre, ciclistas, animais e carros) e monitor ativo de faixa de rolamento.

Vendas

E para estimular o consumidor investir seu dinheiro no jipinho híbrido, o diretor Geral de Operações e Inovação da Volvo, João Oliveira, afirma que a marca vai custear os gastos com carregamento dos clientes. "Daremos um ano de reembolso de energia para quem adquirir o veículo, como incentivo para comprar um veículo plug-in", afirma o executivo, que indica que o reembolso será feito pela aferição do aplicativo Volvo On Call, que indica o quanto foi carregado na tomada.

A Volvo afirma que desde que o sistema de pré-venda foi aberto em março, cerca de 200 unidades já foram vendidas. As entregas deverão começar em julho. No entanto a expectativa é que a versão híbrida feche o ano com 550 unidades e corresponda a 30% da linha a partir de 2021. "Quando lançamos o XC90 Hybrid havia uma resistência por parte dos consumidores. Hoje o cenário mudou. Há uma grande procura por modelos híbridos", explica, Oliveira.