No início do ano, a Renault inaugurou a primeira loja de carros novos online do mercado. Pouco depois veio a pandemia do Covid-19 e a concorrência precisou encontrar soluções para continuar vendendo com as portas fechadas. 

Lojas no Instagram, assim como soluções mescladas em que o cliente escolhia o carro no site da marca e depois era direcionado para um consultor, foram algumas das ações encontradas pela indústria, que foi pega de calças da mão.

Agora a Volkswagen lança seu modelo de revenda online. Nele, o consumidor pode escolher o carro, opcionais, cores, formas pagamento, como se estivesse comprando um tênis. 

Ainda é possível avaliar o usado, caso ele entre como parte da negociação. Também é possível escolher em qual concessionária irá retirar o carro novo. No entanto, é preciso pagar um sinal de R$ 999 para “desbloquear” o possante.

Segundo o presidente da VW para América do Sul, Pablo de Si, o projeto teve início no final de 2017, como parte da estratégia digital da marca. O executivo, no entanto, não esconde que a pandemia acelerou o projeto.

Para acessar a VW e-Store basta entrar no endereço store.vw.com.br, pelo computador ou telefone.