O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), assinou nesta quarta-feira (22) um decreto que isenta de IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículo Automotor) os veículos movidos a gás natural veicular (GNV). Mas a regra só vale para modelos comprados a partir desta data. 

“Vamos ter uma diferenciação no IPVA para veículos movidos a gás. Vamos ter também uma revolução na questão do gás no Brasil nos próximos anos”, discursou Zema, durante o anúncio de investimentos da Fiat Chrysler Automobiles (FCA) em Betim, realizado em evento no complexo da montadora na cidade da Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Segundo o governador, o país hoje pratica um valor alto na venda do gás natural. “Hoje temos um preço proibitivo, e que com toda certeza irá cair muito nos próximos anos, devido às mudanças que serão feitas no monopólio estatal”.

A Fiat poderá se beneficiar com a medida, pois o Grand Siena, modelo lançado recentemente, já sai da fabrica com equipamento pré-disposto à instalação do gás.

Ainda durante o evento, a FCA e a Gasmig, que é a concessionária responsável em Minas Gerais pela distribuição de gás natural, firmaram um termo de cooperação técnica para incentivo ao uso do GNV e do biometano como combustível veicular.