O governador Romeu Zema (Novo), usou a conta no Twitter na manhã desse sábado (11) para informar que homens que cumprem pena no regime semiaberto de Minas Gerais são os novos responsáveis pela manutenção da área verde da Cidade Administrativa. 

A medida, segundo o governador, vai trazer uma economia de R$ 2,5 milhões por ano aos cofres do Estado. “Essa manutenção, hoje, já é feita por detentos do sistema prisional, com isso o Estado estará economizando R$ 2,5 milhões por ano e os detentos ainda terão ainda o benefício de terem as suas penas reduzidas", diz Zema no vídeo. Assita ao vídeo:

Nas imagens, detentos aparecem realizando os trabalhos na área verde. 

Em nota, a Secretaria de Administração Prisional (Seap), 10 presos do regime semiaberto de uma unidade da Região Metropolitana de Belo Horizonte, está realizando a manutenção dos jardins da Cidade Administrativa e que esse trabalho faz parte do Projeto Manutenir, criado e mantido pela pasta por meio da subsecretaria de Humanização do Atendimento. 

Ainda de acordo com o comunicado, os presos são selecionados por uma comissão técnica da Seap e são beneficiados pela remição de pena, ou seja, a cada três dias trabalhados um dia é reduzido no tempo de sua pena. 

Os serviços são realizados de segunda-feira a sexta-feira e o transporte e a alimentação dos presos estão incluídos no projeto.

Leia mais:
Zema apoia fim do Jetom e vai discutir forma de melhorar salários do primeiro escalão
Governo decide manter Escola Integral para aprovar reforma administrativa

Programa Transforma Minas já tem 5 mil candidatos para 116 vagas