Taxa de transmissão da Covid-19 continua crescendo em BH; sinal de alerta é amarelo

portal@hojeemdia.com.br
03/12/2021 às 17:58.
Atualizado em 08/12/2021 às 01:12
 (Ricardo Wolffenbuttel/Governo de SC Saúde)

(Ricardo Wolffenbuttel/Governo de SC Saúde)

O Boletim Epidemiológico da Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) desta sexta-feira (3) mostra que a taxa de transmissão da Covid-19, indicada pelo índice RT, voltou a aumentar na capital. De acordo com o informe, a taxa está em 1,03, ou seja, a cada 100 pessoas infectadas pelo coronavírus, há risco de outras 103 se contaminarem.

Com isso, o sinal de alerta para infecção pelo vírus segue em amarelo. Ele estava verde até a última quarta-feira (1º).

A quantidade de leitos de UTI ocupados exclusivamente para a Covid caiu de 45,3% na última quinta (2) para 41,9% nesta sexta. Os leitos de enfermaria destinados aos infectados pelo coronavírus apresenta uma leve alta, passando de 49,8% para 50,6%, conforme os dados divulgados pela PBH.

Até o momento, a capital registra 293.415 casos confirmados da doença, com 925 em acompanhamento. O número de pacientes recuperados chega a 285.447 e as mortes estão em 7.043.

Em relação à imunização da população belo-horizontina, o boletim da PBH aponta que 83,7% das pessos acima de 12 anos já receberam uma dose da vacina contra Covid-19 ou a dose única (Janssen). Quando se trata da segunda dose (incluindo também a da Janssen), o percentual de imunizados em BH está em 74,5%.

Foram aplicadas na cidade 2.138.534 primeiras doses, 1.896.431 segundas doses, 60.898 doses únicas e 345.190 doses de reforço.PBH / Reprodução


Leia mais:

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por