Dupla de Ases

BMW confirma produção dos novos Série 3 e X1 na fábrica de Santa Catarina

Marcelo Jabulas
@mjabulas
20/07/2022 às 10:22.
Atualizado em 20/07/2022 às 12:10
 (Divulgação)

(Divulgação)

A BMW anunciou que irá produzir os novos Série 3 e X1 no Brasil. A dupla faz parte do plano de investimentos da marca no país, que teve aporte de R$ 500 milhões. A notícia não soa como novidade, uma vez que os dois modelos são montados em Araquari (SC) desde que a planta foi inaugurada em 2014. Mas para os alemães alardearem a novidade.

Isso porque os dois modelos, segundo a própria BMW, correspondem a 25% de todo o segmento premium no Brasil. No ano passado, a dupla emplacou mais de 9 mil unidades e corresponde a quase dois terços de tudo que a marca vende por aqui. Daí a necessidade de dar o aviso geral.

O primeiro a ganhar cidadania brasileira será o Série 3. O sedã acaba de passar pela primeira reestilização da atual geração. Ganhou novos faróis, para-choques, grade e novos conteúdos. 

O destaque fica para o novo painel, que conta com quadro de instrumentos e multimídia unificados em uma grande moldura suspensa. Segundo a marca, o novo estilo otimiza a ergonomia e acesso às funcionalidades por meio do toque e comandos de voz, sem a necessidade de um grande volume de botões físicos.

O modelo manterá o mesmo conjunto mecânico da linha atual, composta pelo motor 2.0 turbo de 184 cv e transmissão de oito marchas. Com cerca de 5 mil unidades vendidas em 2021, o carro-chefe da BMW chega em agosto.

 (Divulgação)

(Divulgação)

X1

Já o SUV X1 demora um pouco mais para ganhar carimbo no passaporte. O SUV foi totalmente renovado em junho e sua estreia por aqui deve acontecer no primeiro trimestre de 2023. 

Ele também manterá o mesmo motor da linha atual – unidade 2.0 turbo, mas com instalação transversal (como Mini Cooper) e debita 192 cv. A transmissão também é de oito velocidades. 

No entanto, a BMW não descarta a possibilidade de produzir uma versão eletrificada do X1. Na Europa, ele ganhou conjunto híbrido com motor 1.4 e unidade elétrica com versões que superam os 300 cv. Será que vem para cá também?

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por