Começou nesta segunda-feira (18) o Festival de Arte Negra (FAN) de Belo Horizonte, que tem como tema "Território Memória" e reúne mais de 100 atrações culturais do Brasil e do mundo em sete dias de programação gratuita distribuída em mais de 20 espaços da capital. O evento, que está em sua 10ª edição, vai até o dia 24 de novembro, e tem o objetivo de difundir a produção de arte e cultura de matrizes africanas. 

Celebrando o mês da Consciência Negra, data comemorada no dia 20, o festival busca, ainda, democratizar o acesso à cultura no espaço público e promover a igualdade racial. 

Esta edição terá a presença da atriz Camila Pitanga, que participa junto a seu irmão Rocco e o pai Antônio Pitanga no espetáculo Embarque Imediato, que marca os 80 anos de Antônio. As apresentações acontecem nos dias 19 e 20 no Teatro Francisco Nunes. 

Outro destaque é o espetáculo Orange Lady, uma homenagem ao cantor, compositor e ator Marku Ribas, concebida pela filha dele, a atriz mineira Lira Ribas. 

Para acessar a programação completa, clique aqui.

Leia mais:
Show de BNegão é confirmado para o encerramento do FAN em BH
Ruth de Souza, uma atriz que superou obstáculos e brilhou
Minas registra quase 300 casos de injúria racial e racismo em 2019