O Festival Internacional de Curtas de Belo Horizonte – FestCurtasBH chega, nesta quinta-feira (4), à 23ª edição. O evento exibirá, até o dia 14, mais de uma centena de filmes, entre Mostras Competitivas, Paralelas e Especial, distribuídas ao longo de 28 programas. Em 2021, foram recebidas 2.795 inscrições de produções de 26 estados brasileiros e de 112 países. Confira a programação no site.

O festival será realizado através do cineHumbertoMauro/MAIS, plataforma on-line exclusiva da Fundação Clóvis Salgado, desenvolvida para abrigar a programação do Cine Humberto Mauro, com acesso gratuito do público. Os fãs de cinema e do audiovisual poderão, ainda, ter acesso à parte das sessões fílmicas de maneira presencial, respeitando as medidas sanitárias em vigor, como obrigatoriedade do uso de máscaras e restrição da capacidade da sala.

Durante os 11 dias de evento, o público poderá conferir um conjunto representativo da atual produção cinematográfica nacional e internacional, reunido em torno de temáticas de marcada relevância. A programação conta ainda com obras que promovem uma conversa fílmica fecunda e original com a obra e o pensamento do filósofo de origem francesa e centro-africana Dénètem Touam Bona. Seus conceitos de cosmopoética e marronagem inspiram a Mostra Especial Cosmopoéticas do (In)visível, um conjunto de produções em curta-metragem que expressam de forma inquieta e inventiva uma "poética da fuga".

A exemplo das edições anteriores, o FestCurtasBH promove a valorização da produção curta-metragista em seus diversos contextos e abordagens, contribuindo para pensar a contemporaneidade junto ao público em constante processo de formação e transformação, e evidenciar um cinema engajado estética e politicamente nas diversas lutas históricas.

Leia Mais:
Restauro de obras importantes de Aleijadinho ocupa a Casa Fiat
‘Filme do Galo’ estreia em 11 de novembro em várias cidades brasileiras
Festa Afro-Literária reúne nomes conhecidos e autores de Cavalcante