O governador de São Paulo, João Doria (PSBD), decretou, na tarde deste sábado (23), luto oficial de três dias no Estado em homenagem ao apresentador Gugu Liberato. O apresentador teve a morte confirmada nessa sexta-feira (22), após sofrer um acidente doméstico. Ele estava internado em um hospital de Orlando, nos Estados Unidos, onde vivia.

Em nota, o político disse que a TV brasileira perdeu "um de seus principais comunicadores" e que está "muito triste com a morte de Gugu Liberato. O Brasil perde um talento", informou o governador em nota. 

Gugu Liberato estava internado desde quarta-feira (20), quando deu entrada na unidade de saúde depois de cair de uma altura de 4 metros, enquanto consertava um aparelho de ar-condicionado. Confira a trajetória do apresentador.

"Este é um momento que jamais imaginamos viver. Com profunda tristeza, familiares comunicam o falecimento do pai, irmão, filho, amigo, empresário, jornalista e apresentador Antônio Augusto Moraes Liberato (Gugu Liberato)", diz o comunicado que confirmou a morte de Liberato.

(Com Bruno Inácio)

Leia mais:

Políticos lamentam a morte de Gugu Liberato; apresentador sofreu um acidente doméstico

Apresentador Gugu Liberato não resiste e morre após acidente doméstico nos Estados Unidos

Gugu sofre acidente doméstico e é internado nos Estados Unidos