“Adorei o seu lembrete”, anima-se Tom Cavalcante, um dos principais humoristas em atividade no país, após o repórter perguntar se o divertido alcoólatra João Canabrava, um de seus principais personagens e sucesso na primeira fase da “Escolinha do Professor Raimundo”, já mereceria um filme solo.

“Trata-se de um personagem que está pronto para ter seu filme em uma história hilária. Quem sabe em breve nos bares dos cinemas”, diverte-se. A pergunta tem a ver com o atual momento de Cavalcante, que, após início na TV aberta, migrou com sucesso para a TV fechada (“Multi Tom”) e o cinema (“Os Parças”).

Uma das atrações deste final de semana em BH, com show presencial no Teatro Feluma, ele está satisfeito com as novas frentes de trabalho. “Sou um cara aberto a novos desafios. O mundo evoluiu e as TVs a cabo chegaram abrindo espaço para novos projetos. Primeiro foi no Multishow e agora na Amazon”.

No site de streming, Cavalcante comandará um reality show de humor, “LOL Brasil”. Projetos que se somam à retomada do espetáculo “Todos os Toms”. A turnê nacional está sendo aberta na capital mineira. “Estou completando dois anos longe dos palcos e do meu público”, registra.

Tom Cavalcante confessa uma sensação diferente em ficar tête-à-tête com os espectadores. “A emoção de estar diante do público, experimentando a energia que envolve o ambiente teatro, é mágica. Ganham o artista e público. Nessa volta quase pós-pandemia, o valor de estar junto é incomensurável”, afirma.

O humorista aproveitou a pausa para dar nova roupagem ao espetáculo. “No período de reclusão estudei, escrevi e fiz projeções de textos para agora atualizá-los e colocá-los no palco no melhor do humor que posso entregar”, garante. O foco são imitações musicais, de Raul Seixas e Fábio Junior a Juliette, do BBB.

“Preparei imitações para pôr todo mundo pra rir alto e, definitivamente, falarmos de alegria e humor como antes”, ressalta Cavalcante, que lembra que, desde a infância, a música está presente em sua vida, “por conta de familiares que cantavam e tocavam, proximidade que me fez descobrir o amor pela arte”.

SERVIÇO
“Todos os Toms” – Sexta (22) e sábado (23), às 21h, no Teatro Feluma (Alameda Ezequiel Dias, 275 – 7° Andar). Ingressos: de R$ 100 a R$ 200.

Leia Mais:

Pagu é retratada em projeto que reúne lançamento de textos inéditos, bate-papo e curta-metragem

Ópera 'Tolomeo e Alessandro' será encenada pela primeira vez na América, no Palácio das Artes

Com Cacau Protásio, comédia 'Amarração do Amor' aborda intolerância religiosa