Canções dos três principais espetáculos da Orquestra Mineira de Rock (OMR) - Beatles, Brasil e Clássicos do Rock - serão apresentadas no palco do Grande Teatro Cemig Palácio das Artes, no Centro de Belo Horizonte, às 21h deste sábado (14). O espetáculo será ao vivo e os ingressos custam a partir de R$ 40 (meia-entrada), neste link ou na bilheteria.

De acordo com a Fundação Clóvis Salgado (FCS), mantenedora do Palácio, a capacidade do teatro foi reduzida em razão da pandemia de Covid-19 e o show será realizado "com todos os cuidados necessários a segurança sanitária de todos".

A apresentação será um mix dos espetáculos Beatles, Brasil e Clássicos do Rock. Em Beatles, show lançado em 2019, os artistas trazem novas roupagens e arranjos especialmente criados para a obra dos FabFour. No show, o público vai ver músicas tocadas de forma original e algumas com intervenções da Orquestra. Outro destaque é o figurino, criado especialmente por Vitor Carpe.

Já em Brasil, Raul Seixas, Clube da Esquina, Villa Lobos, Chico Buarque, Belchior, Gilberto Gil, Alçeu Valença, Legião Urbana, Cartoon, Cálix e Somba são alguns artistas homenageados na mistura. A ideia é mostrar toda a riqueza da música brasileira num repertório escolhido criteriosamente.

Por fim, em Clássicos do Rock, a orquestra faz uma viagem pelo rock n´roll clássico com hits de bandas como Queen, Yes, Beach Boys e Led Zeppelin.

Pandemia

De acordo com a Fundação Clóvis Salgado, uma série de normas foi estabelecida para a volta das atividades de forma segura. Para evitar aglomerações, o teatro contará com sinalização nas áreas externas e internas.

As cadeiras do teatro possuem lacre, indicando os assentos permitidos para manter o distanciamento entre as pessoas. O uso de máscaras – tanto para visitantes quanto funcionários – será obrigatório do início ao fim do evento.

Todos os ambientes do Palácio das Artes são higienizados diariamente antes da abertura ao público. Também são disponibilizados tapetes para a limpeza de calçados, assim como álcool em gel 70% para desinfecção das mãos. Para garantir maior segurança dos visitantes, a entrada de sacolas, mochilas e afins não é permitida, para diminuir a contaminação dos espaços.

Apesar disso, quem estiver fora de Belo Horizonte ou preferir ficar em casa, poderá curtir o evento virtualmente. Nesse caso, os ingressos custam R$ 20 e podem ser adquiridos neste link.

Leia mais:
Paciente será indenizada em R$ 2 mil após plano de saúde negar-se a fazer exame de Covid em Minas
Neves realiza mutirão de vacinação contra Covid para pessoas com 29 anos ou mais neste sábado

Indígenas afetados em rompimento em Brumadinho receberão pagamento único da Vale