‘Medidas duras, mas orientadas por profissionais de primeira’, diz Kalil sobre condução da pandemia

Da Redação
portal@hojeemdia.com.br
10/08/2021 às 14:30.
Atualizado em 05/12/2021 às 05:39
 (MV/Hoje em Dia)

(MV/Hoje em Dia)

Diante da evolução dos indicadores que monitoram a Covid-19 em Belo Horizonte, o prefeito Alexandre Kalil afirmou, nesta terça-feira (10), que as medidas tomadas pelo Executivo durante a pandemia foram corretas. 

“Belo Horizonte está entre as últimas colocadas, Graças a Deus, em número de mortes. Então, não posso, diante de números, contestar que as medidas foram corretas”, afirmou, em entrevista à Rádio Itatiaia.

Segundo o mandatário, todas as regras de restrição e flexibilização aplicadas na capital foram alinhadas por uma equipe experiente no combate de doenças infecciosas. 

“Foram medidas muito duras, mas orientadas por profissionais de primeira linha, muito duros no combate à pandemia”, disse o gestor.

Indicadores

Atualmente, a taxa de transmissão do coronavírus está em 0,92 (o que significa tendência de queda no número de casos), enquanto a ocupação das UTIs Covid é de 57,4%. Com relação às enfermarias, 41,1% das vagas estão em utilização, conforme o último boletim epidemiológico e assistencial da PBH.

Apesar dos bons números, Kalil alerta que não é hora para a população se descuidar. “Não quer dizer que é para todo mundo sair fazendo festa, balada, se não vai pegar a doença, que é muito grave e deixa sequelas”, lembrou.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por