Parque Municipal será reaberto ao público nesta quinta; é necessário agendamento

Raquel Gontijo
raquel.maria@hojeemdia.com.br
30/11/2021 às 14:00.
Atualizado em 08/12/2021 às 01:10
 (Lucas Prates)

(Lucas Prates)

Nesta quinta-feira (2) o Parque Municipal Américo Renné Giannetti, em Belo Horizonte, será reaberto ao público, após longo período fechado em função de um surto de raiva em morcegos. A medida foi necessária pois mamíferos silvestres e domésticos, principalmente gatos, convivem na área de circulação do vírus.

O funcionamento do parque será de terça-feira a domingo, das 8h às 18h, com entrada permitida até às 17h. Para visitar o espaço, localizado na região central de BH e com um grande fluxo de pessoas, será necessário fazer um agendamento prévio. 

Assim como em outros parques da cidade, será exigido o comprovante de vacinação contra a febre amarela. Caso o visitante não esteja com o documento, deverá preencher uma declaração, disponibilizada pelo parque, de que já se encontra imunizado há, pelo menos, 10 dias. Essa declaração também poderá ser feita no processo de agendamento. Menores de 9 meses, por não poderem ser imunizados contra a doença, não podem acessar o parque.

Na segunda-feira (6), o Teatro Francisco Nunes, que fica dentro do parque, também será reaberto. A reestreia voltará com a 11ª edição do Festival de Arte Negra de Belo Horizonte (FAN BH). O funcionamento do teatro é das 9h às 22h, e a programação pode ser acessada no site da Prefeitura de BH.

Obras

A administração do parque pede aos visitantes que fiquem atentos ao circular no local, em função de obras para melhoraria da infraestrutura. Os serviços incluem a recuperação e implantação de pista de caminhada, rota acessível, recuperação de passeios internos e meio-fio. 

Enquanto permanecerem nas mediações do parque, os visitantes devem fazer uso obrigatório da máscara, manter distanciamento entre pessoas e higienização frequente das mãos.

Agendamento de visitas

Os ingressos gratuitos para visitar o Parque Municipal serão disponibilizados de uma só vez, todas as segundas-feiras, às 8h, no portal da PBH. Desta forma, o interessado pode escolher uma data durante toda a semana.

Para aqueles que não conseguirem realizar o agendamento, há a possibilidade do ingresso de lote extra sempre às 9h, com base em desistências de pessoas previamente agendadas.

Vacinação e monitoramento da raiva

Segundo a PBH, por terem sido encontrados morcegos positivos para a raiva, uma doença com letalidade de praticamente 100% dos acometidos, a Secretaria Municipal de Saúde realizou a aplicação da primeira dose e/ou reforço da vacinação antirrábica em todos os felinos do Parque Municipal. Após a imunização, foi necessário manter a área fechada para monitoramento.

Neste ano, foram diagnosticados 21 morcegos positivos para a raiva em Belo Horizonte. Até o momento, não foi identificado nenhum outro animal com a doença.

Em caso de identificação de um morcego com comportamento anormal, a PBH orienta que os visitantes não toquem ou removam o animal e acionem os serviços de zoonoses da capital, para que uma equipe seja enviada ao local e faça o recolhimento do mamífero de forma adequada.
 

Leia também:

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por