O futebol está em luto. A morte de Diego Maradona, nesta quarta-feira (25), em decorrência de uma parada cardiorrespiratória, está gerando comoção em todo o planeta.

Entre os que lamentam a morte de Maradona, está Juan Pablo Sorín, ídolo do Cruzeiro e da seleção argentina.

Por meio das redes sociais, o ex-lateral  se manifestou sobre a perda de um dos maiores jogadores da história.

"Não consigo parar de chorar ... é o dia que nunca deveria ter chegado. Obrigado, Diego. Obrigado, 10. Obrigado por sempre ser e se sentir um jogador de futebol", disse Sorín.

Leia mais

Adeus, Maradona: veja a repercussão da morte de Maradona entre personagens do esporte mineiro

Freguesia, água batizada, genialidade, comparação com Pelé: a história de Maradona contra o Brasil

Adeus, Maradona: Atlético, Cruzeiro e América se manifestam sobre a morte do ídolo argentino

Morre Diego Armando Maradona, uma das maiores lendas do futebol mundial

Nem mesmo o fato de o ex-jogador ter sido revelado pelo River Plate, arquirrival do Boca Juniors, clube em que Maradona é ídolo, diminui a idolatria de Sorín por Diego.

"Te amo e sempre te amarei. Minha família de adora, te abraça e se recordará a cada dia com respeito e admiração", disse o ex-jogador, em outra postagem.