Líder do Campeonato Brasileiro, o Atlético volta o foco para a Copa do Brasil. Nesta quarta-feira (15), Galo encara o Fluminense, às 19h, no Mineirão, no duelo de volta das quartas de final da competição. 

Por ter vencido o primeiro jogo por 2 a 1, no Rio de Janeiro, o Alvinegro está a um empate de garantir a classificação. Um triunfo do Tricolor das Laranjeiras por um gol de diferença leva a decisão da vaga para os pênaltis.

Titular absoluto do time comandado pelo técnico Cuca, o zagueiro Junior Alonso indicou o caminho que o Atlético deve seguir na partida para eliminar a equipe carioca. 

“(O Fluminense) Tem jogadores muito velozes jogando por fora (laterais e atacantes). Então, temos que estar bem posicionados sempre, evitando os contra-ataques, matar a jogada e fazer o gol. Muitas vezes, tem jogo que não temos muitas possibilidades de fazer quatro ou cinco oportunidades de gol. Então, se tivermos uma temos que fazer e nós, os defensores, segurarmos lá atrás”, disse o paraguaio, em entrevista coletiva, na Cidade do Galo, nesta terça-feira (14). 

Fred

Prestes a completar 38 anos, o atacante Fred é a principal referência do atual time do Fluminense. 

A qualidade do centroavante, que atuou pelo Galo entre 2016 e 2017, é reconhecida por Junior Alonso, que confirmou atenção especial ao jogador no duelo desta quinta. 

“Todo mundo conhece o Fred. É um atacante muito forte, dentro da área é muito perigoso. Também conhecemos a característica dele, dentro da área ele tem uma chance e faz. Então, é nosso trabalho, principalmente dos zagueiros, pegar ele e estar atento ao que acontece durante o jogo”. 

Leia mais
Sem Nathan Silva, Réver e Igor Rabello retomam disputa pela zaga do Galo na Copa do Brasil
De olho na semi da Copa do Brasil, Galo carrega invencibilidade de seis jogos contra o Fluminense
Jair diz que o Galo 'não pode dar mole' contra o Flu e destaca ambição no ano: 'quero ganhar tudo'