O técnico do América, Felipe Conceição, mantém a confiança no acesso do Coelho à Primeira Divisão do Brasileirão. Nesta terça-feira (5), o time alviverde enfrenta o Paraná, após ter desperdiçado a chance de entrar no G-4 da Série B, ao empatar em 0 a 0 com a Ponte Preta, no Independência, em jogo que teve direito a pênalti perdido e gols anulados.

Contudo, o treinador do Coelho não vê momento para crises por ansiedade, uma vez que o time está com 49 pontos, a dois do Atlético-GO, quarto colocado. O que mais valeu, para Conceição, foi que a equipe continuou cumprindo o esquema preconizado nos treinos, e apresentando evolução.

"A penúltima bola hoje foi melhor do que em outros jogos, clareou melhor o lance e aí errou na última. Acho que não é capricho, acontece. Tem dias que a gente vai fazer e tem dia que perde mesmo", lamentou.

Felipe Conceição durante entrevista coletiva no duelo entre América x Ponte Preta-SP

Para Conceição, o América não tem sofrido com a ansiedade por estar na fase decisiva da Série B

O treinador americano vê, por outro lado, que o elenco está gabaritado para subir de divisão. A crença está sustentada na campanha de recuperação e crescimento da qualidade de jogo, que começou exatamente no duelo contra a Macaca, no turno da Segundona.

"Nós lutamos tanto para chegar neste momento e ter essa condição de depender só da gente. A gente depende só da gente. A pontuação para o acesso é cabível para nossa equipe. Então, não é olhar os outros, é continuar focando no nosso trabalho, acertar um detalhe ou outro que precisa, controlar a ansiedade nessa reta final e com certeza virão vitórias que vão empurrar a gente para esse G-4", comentou o treinador.

Leia Mais:
América desperdiça pênalti, empata sem gols com a Ponte e perde chance de entrar no G4
América renova com lateral-esquerdo João Paulo e garante mais um titular para 2020
Grandes da capital elogiam fórmula do Mineiro, citando justiça e vantagens para o interior