Nesta quinta-feira (2/12) o Atlético pode quebrar o jejum de 50 anos do último título do Campeonato Brasileiro. A possível conquista da taça no jogo contra o Bahia na Arena Fonte Nova, às 18h, também ajudará o Galo a esquecer o segundo lugar entre os clubes com maior número de vice-campeonatos do Brasileirão.

O Glorioso possui cinco vicesdo Brasileirão, um a menos que o São Paulo. O alvinegro mineiro quase pôs a mão na taça em 1977 (perdeu para o São Paulo), 1980 (para o Flamengo), 1999 (Corinthians), 2012 (Fluminense) e 2015 (Corinthians).

Mas o quase título de 1977, com certeza, é o que mais chateia os atleticanos, porque o time estava invicto. O campeonato sofreu muitas interferências, começando apenas na segunda quinzena de outubro com 62 clubes e se estendendo até o ano seguinte.

Ele foi dividido em três grupos e foi o primeiro Brasileirão com disputa de pênaltis. Até a final contra o São Paulo, o Galo foi o time de melhor campanha, vencendo 17 partidas e empatado três. Nessa época, a vitória valia apenas dois pontos. O Atlético estava com 10 pontos de vantagem sobre os sao-paulinos.

A final no Mineirão terminou 0 x 0 contra o São Paulo. Após a prorrogação, a derrota veio nos pênaltis. O Galo jogou com: João Leite, Alves, Márcio, Vantuir, Valdemir, Toninho Cerezo, Ângelo, Marcelo Oliveira (Paulo Isidoro), Serginho, Caio Cambalhota (Joãozinho Paulista) e Ziza. O técnico era Barbatana.
João Leite defendeu os dois primeiros pênaltis do Tricolor, mas Cerezo, Joãozinho e Márcio mandaram suas cobranças por cima do gol e o Atlético levou o vice-campeonato.

Aqui estão os maiores vices do Brasileirão desde 1971:

  • São Paulo (seis vice-campeonatos): 1971, 1973, 1981, 1989, 1990 e 2014
  • Atlético (cinco vezes): 1977, 1980, 1099, 2012 e 2015
  • Cruzeiro (quatro vezes) 1974, 1975, 1998 e 2010
  • Internacional (quatro vezes): 1998, 2005, 2006 e 2009
  • Santos (quatro vezes): 1983, 1995, 2003 e 2007
  • Corinthians (três vezes): 1976, 1994 e 2002
  • Grêmio (três vezes): 1982, 2008 e 2013
  • Vasco (três vezes): 1979, 1984 e 2011
  • Botafogo (duas vezes): 1972 e 1992
  • Guarani (duas vezes): 1986 e 1987
  • Palmeiras (duas vezes): 1978 e 1997
  • São Caetano (duas vezes): 2000 e 2001
  • Atlético-PR (uma vez): 2004
  • Bangu (uma vez): 1985
  • Bragantino (uma vez): 1991
  • Portuguesa (uma vez) 1996
  • Vitória (uma vez): 1993

Leia mais:

BH pode ter 'Carnaval' com Bell Marques na Praça Sete caso o Galo seja campeão nesta quinta
Mais uma conquista longe de BH? Atlético enfrenta o Bahia para, enfim, confirmar o título brasileiro
Bahia x Atlético: prováveis escalações, onde assistir, horário e arbitragem do jogo na Fonte Nova