"Fome de títulos"

Atlético muda o foco e busca vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil diante do Brasiliense

Ana Paula Moreira
@anapdmoreira
Publicado em 22/05/2022 às 07:00.
Rafael ganhou uma vaga no time titular já que Everson está com Covid 19 (Pedro Souza / Atlético)

Rafael ganhou uma vaga no time titular já que Everson está com Covid 19 (Pedro Souza / Atlético)

Atual campeão da Copa do Brasil, o Atlético entra em campo neste domingo, às 19h, em Cariacica (ES), para confirmar a classificação para as oitavas de final do torneio sobre o Brasiliense. No jogo de ida, o Galo venceu por 3 a 0, e agora, poderá até perder por dois gols de diferença para se garantir na próxima fase da competição nacional. 

O Galo chega embalado pela classificação antecipada nas oitavas de final da Libertadores, após vencer o Independiente del Valle-EQU, na quinta-feira, por 3 a 1. A competição continental foi o título que faltou para o time atleticano na temporada passada e é o grande objetivo deste ano. Mas, com um time que aprendeu a vencer e que tem “fome” de taças, a Copa do Brasil segue como meta para os atleticanos. 

“Aqui há uma mentalidade muito vencedora. Nós ganhamos, mas a gente quer mais. Vamos continuar fazendo história. Este grupo quer encher este CT de fotos e taças, de muitas coisas. Então, acho que esta fome de vencer é muito importante. Isso vai nos fazer superar as adversidades”, destacou o goleiro Rafael. 

O arqueiro será titular, já que Everson está afastado com Covid 19. Com a vantagem de três gols no placar, Turco Mohamed deve poupar alguns jogadores também. O treinador relatou que pode atuar com três zagueiros e descansar alguns atletas, mas na frente Galo deve ter Nacho, Hulk e Sasha, autor dos três gols atleticanos no primeiro duelo com o Brasiliense. 
O Atlético já não poderá contar com alguns titulares do ataque, como Keno, Vargas e Zaracho. Os três estão lesionados e entregues ao departamento médico. 

“Jogos como o de domingo são importantes para além da classificação, porque são oportunidade. Podemos ver a força do grupo. Nós sabemos que só vamos chegar aos nossos objetivos por conta da força do elenco e do grupo. Se a gente quiser manter o nível de entrega e de intensidade, vamos precisar de todo mundo”, concluiu Rafael. 

Leia mais: 

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por