Ainda em busca de evolução e de uma equipe ideal, o Cruzeiro venceu o Athletic nesse domingo (14) e mostrou novamente que o técnico Felipe Conceição conta com todo o elenco para a temporada. Tanto que o treinador, como enfatizado em sua entrevista coletiva após o confronto, utilizou mais de “dois times” neste começo de ciclo.

“A gente está no início de processo. O discurso de que a gente conta com todo mundo não é mentira, não é da boca para fora. Nesse período de cinco jogos em 14 dias, desgastante depois de uma curta pré-temporada, usamos 23 atletas. Todos serão importantes para nossa caminhada. Estamos conhecendo o grupo, criando uma coesão entre eles (jogadores), e dando oportunidade a todo mundo”, comentou o comandante.

Nesse último duelo, Conceição promoveu quatro mudanças em relação ao time titular do empate em 1 a 1 com o São Raimundo (RR): o lateral-esquerdo Matheus Pereira, o meia Marcinho e os atacantes Felipe Augusto e Marcelo Moreno nas vagas de Alan Ruschel, Claudinho, Bruno José e Rafael Sóbis.

E durante a partida com o time de São João del-Rei, fez cinco modificações.

“A gente opta pelo momento, pela parte técnica, parte física e situação do jogo. Os atletas têm procurado fazer o melhor. Ainda é início de temporada, então tem a questão física, além da filosofia nova de jogo. Mas nossa aplicação tem demonstrando, tirando o duelo da Copa do Brasil, em um contexto atípico, mais atuações consistentes. Isso me deixa feliz. Construímos a vitória com segurança”, comentou o treinador.

Ainda de acordo com ele, o Cruzeiro fez valer uma consistência tática para levar a melhor e, com isso, chegar ao G-4 do Mineiro.

“Essa compactação já tinha aparecido melhor contra a URT e vem de um crescimento. Iniciamos a partida um pouquinho espaçados, melhoramos e terminamos bem. A primeira linha se comportou bem hoje (domingo) e deu segurança e consistência. Ofensivamente nos faltou apenas a agressividade no último terço; talvez hoje pelo cansaço não conseguimos ter isso. Mas conseguimos criar, teve variação. Me deixa feliz a consistência”, disse.

Cruzeiro

Leia Mais:
Apesar da derrota para o Cruzeiro, Loco Abreu ressalta grande aprendizado do Athletic

Marcelo Moreno dá fim a jejum e está a um gol de se tornar o maior artilheiro estrangeiro da Raposa
Com gol de Moreno, Cruzeiro obtém vitória magra sobre o Athletic e chega ao G-4 do Mineiro