A Comissão Disciplinar da Conmebol rejeitou o pedido do Atlético para que o gol de Dudu, do Palmeiras, em jogo de volta das semifinais da Copa Libertadores, fosse anulado. Com o empate por 1 a 1 naquela partida, o time paulista avançou à final da competição sul-americana.

O Atlético pedia a anulação do gol sob a alegação de que o lance seria irregular por causa da invasão de campo do atacante Deyverson, que fazia aquecimento à beira do gramado.

Porém, Eduardo Gross Brown, juiz da Comissão Disciplinar da Conmebol, não acatou o pedido. Agora, o Atlético pode recorrer ao Comitê de Apelação da entidade.

Atlético

Após o empate no Mineirão, a Conmebol divulgou o áudio da análise do VAR no gol de Dudu. O assistente do árbitro de vídeo recomendou que Deyverson recebesse cartão amarelo. Os árbitros não abordaram a possibilidade de o gol ser anulado. 

O Palmeiras disputará a final da Copa Libertadores contra o Flamengo, no dia 27 de novembro, em Montevidéu, no Uruguai.