Cruzeiro é punido com multa e perda de mando de campo por conta de episódio de injúria racial

Da Redação
Hoje em Dia - Belo Horizonte
23/11/2021 às 13:02.
Atualizado em 05/12/2021 às 06:18
 (Gustavo Aleixo/Cruzeiro)

(Gustavo Aleixo/Cruzeiro)

Julgado nesta terça-feira (23), no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), por conta de ato de injúria racial cometido por um torcedor celeste na partida contra o Remo, o Cruzeiro foi punido com a perda de um mando de campo e multa de R$ 50 mil.

A Raposa terá de cumprir a pena no ano que vem. O duelo desta quinta-feira (25), diante do Náutico, às 20h, pela última rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, segue marcado para o Mineirão.

Já foram vendidos 40 mil ingressos para o jogo que encerra a temporada dos azuis e servirá de despedida de Rafael Sóbis dos gramados e de Ariel Cabral do clube mineiro.

Relembre

Na derrota por 3 a 1 para o Remo, no Independência, no dia 28 de outubro, um torcedor do Cruzeiro fez ofensas de cunho racista contra o jogador Jefferson, do time paraense.

Por conta disso, o clube mineiro foi denunciado no artigo 243-G: “praticar ato discriminatório, desdenhoso ou ultrajante, relacionado a preconceito em razão de origem étnica, raça, sexo, cor, idade, condição de pessoa idosa ou portadora de deficiência”.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por