cruzeiro, coronavirus

De uma hora para outra as contas oficiais do Cruzeiro no Twitter e no Instagram sumiram, desapareceram. O fato gerou "zum, zum, zum" nas redes sociais, mas tudo estava programado pelo departamento de marketing do clube.

O sumiço surpreendente do perfil cruzeirense para os internautas foi proposital e todo cauculado para uma importante ação para chamar a atenção para o gravíssimo problema do cornavírus. 
Por uma hora, entre 16h30 e 17h30, as duas páginas do Cruzeiro nas redes sociais ficaram fora do ar. E no retorno, triunfal, o clube explicou o motivo.

 

 

"Na última hora, você deve ter percebido que “desaparecemos”. O que a gente quis foi, na verdade, chamar a sua atenção: a situação do Novo Coronavírus é bastante séria. E só fazendo a nossa parte é que conseguiremos, unidos, vencer esta batalha. Cuide-se bem!", dizia o texto de uma peça gráfica publicada pelo marketing estrelado. 

Palavra do capitão

O zagueiro Léo também comentou sobre os riscos do coronavírus. No podcast "O Cruzeiro é o povo", comandado pelo jornalista Gustavo Nolasco e veiculado pelo canal Somos Gigantes, o capitão do time estrelado pediu que os torcedores fiquem em casa para evitar a disseminação da doença, que é extremamente contagiosa.