Apesar de o diretor de Futebol do Cruzeiro, Rodrigo Pastana, dizer que não acredita em estatísticas “antes de cumprir 50% de competição”, elas existem e ilustram a cada rodada o quão ruim é a campanha do Cruzeiro e o quão distante é o sonho do time de subir para a Série A do Brasileiro neste ano. De quebra, reiteram o pesadelo da Raposa de brigar contra o rebaixamento à Terceira Divisão.

Segundo o site Probabilidades no Futebol, do Departamento de Matemática da UFMG, a equipe celeste tem hoje menos de 1% de chance de acesso. Mais exatamente, 0,86% de possibilidade de encerrar o torneio no G-4.

Com relação à luta contra a degola, o Cruzeiro detém 48,9% de chances de ser rebaixado para a Série C. Os números se alteram a cada rodada.

Na vice-lanterna da Segundona, o Cruzeiro possui 12 pontos. A campanha dos celestes é de duas vitórias, seis empates e seis derrotas.

Cruzeiro

Leia Mais:
Lucas Ventura e Rhodolfo se reapresentam no DM e podem desfalcar o Cruzeiro contra o Londrina
Kalil vai se reunir com representantes dos clubes de BH para discutir volta do público aos estádios
Z-4, longo jejum de vitórias e procura por Luxa: o cenário de Mozart no Cruzeiro