Em 2012, Flamengo foi crucial para o Galo, de Cuca, perder o título; em 2021, o cenário é outro

Thiago Prata
@ThiagoPrata7
28/10/2021 às 16:45.
Atualizado em 05/12/2021 às 06:08
 (Pedro Souza / Atlético)

(Pedro Souza / Atlético)

Em 2012, Cuca esteve perto de levar o Atlético ao título do Brasileirão; apenas cinco pontos separaram o time, vice, do Fluminense, campeão daquele ano. E existe um clube que teve papel fundamental para o Galo perder a taça, o Flamengo, responsável por impedir que a equipe mineira abocanhasse, justamente, cinco pontos nos dois duelos em que mediram forças. Ironias do destino: neste sábado (30), às 19h, no Maracanã, o Alvinegro e seu comandante podem ser cruciais em tirar o Urubu da briga pelo troféu.

2012

O Atlético passou boa parte do Brasileirão de nove anos atrás com um asterisco na tabela. O confronto com o Flamengo, pelo primeiro turno, havia sido adiado durante o melhor momento do Galo no campeonato. Quando foi ultrapassado pelo Fluminense, o time mineiro ainda contava com a tal “partida a menos” para tentar retomar a ponta. Os planos, porém, acabaram frustrados, quando, no dia 26 de setembro, o Alvinegro foi derrotado pelo Fla, por 2 a 1, no Rio de Janeiro.

No returno, o Galo foi para o duelo com o Tricolor precisando vencer para diminuir para seis pontos a diferença em relação ao líder. Em um embate épico, os comandados de Cuca ganharam por 3 a 2, com um gol no último lance, no Independência, em 21 de outubro. Dez dias depois, a Massa ansiava por um triunfo sobre o Flamengo para manter a ascensão. Mas mais uma vez, o Atlético não conseguiu superar o Urubu, ficando num melancólico empate em 1 a 1, no Horto, num jogo em que o árbitro Sandro Meira Ricci deixou de assinalar um pênalti em cima de Ronaldinho.

Um fato curioso é que o diretor do Flamengo naquela época, Zinho, declarou que queria que “qualquer um, menos o Atlético” fosse o campeão. O motivo, segundo ele, era uma resposta a declarações feitas pelo então presidente da agremiação mineira, Alexandre Kalil.Pedro Souza / Atlético

2021

Neste ano, Cuca e o Galo se veem novamente de frente para o Flamengo, em outra situação e tentando construir uma história totalmente diferente. Aliás, já vem escrevendo uma história diferente. No primeiro turno, o Alvinegro bateu os rubro-negros por 2 a 1, no Mineirão, com dois gols de Savarino.

E neste sábado, o Atlético pode dificultar ainda mais a vida da equipe de Renato Gaúcho, sem vencer há quatro confrontos na temporada, eliminado na Copa do Brasil para o Athletico-PR e com 13 pontos a menos que os mineiros na Série A. Se ganharem, Cuca e companhia ficam cada vez mais pertos de alcançar um título que não vem há cinco décadas e que várias vezes bateu na trave, como em 2012.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por