Cruzeiro

Empate com o Náutico registrou maior público e melhor arrecadação do Cruzeiro na Série B do Brasileirão

O Cruzeiro encerrou a Série B do Campeonato Brasileiro perto de bater o recorde de público no Novo Mineirão, com o apoio de 60,7 mil torcedores no empate com o Náutico, por 0 a 0. Nesta quarta-feira (1º), foi possível saber qual a receita líquida gerada para o clube na partida que marcou as despedidas de Rafael Sóbis e Ariel Cabral.

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou o boletim financeiro do jogo válido pela última rodada da Segunda Divisão, e o documento mostra que a Raposa embolsou R$ 793.014,97.

Os 60,7 mil ingressos vendidos levaram a uma arrecadação de R$ 1.347.180. Porém, os descontos, entre aluguéis, seguros, taxas, impostos e despesas operacionais, totalizaram R$ 551.936,71.

A partida contra o Náutico foi a terceira do Cruzeiro disputada no Mineirão desde que houve a reabertura para os torcedores. O clube mandou dois jogos na Arena do Jacaré e outros cinco no Independência. Nessas dez partidas, a Raposa lucrou R$ 1.447.042,17.

Desse valor, 96,7% foram arrecadados somente nos dois últimos jogos em casa, contra Brusque e Náutico. Enquanto na partida contra o time pernambucano, mais de 60 mil pessoas foram ao Mineirão, 32.979 torcedores pagaram ingressos para assistir ao jogo contra a equipe catarinense.

Os pagantes das partidas contra Brusque e Náutico representam 75,7% dos 122.906 torcedores que acompanharam o Cruzeiro em casa na Série B

Nos outros oito jogos, o máximo de torcedores foi registrado na derrota para o CSA, por 2 a 1, na 26ª rodada, com 5.481 pagantes.

Como foram os públicos e a renda do Cruzeiro na Série B de 2021:

  • Total de receita líquida: R$ 1.447.042,17

  • Total de público pagante: 122.906

  • Maior público pagante: 60.700 pessoas, em Cruzeiro 0 x 0 Náutico, no Mineirão

  • Maior renda: R$ 1.347.180,00, em Cruzeiro 0 x 0 Náutico, no Mineirão

  • Menor público pagante: 1.573 pessoas, em Cruzeiro 2 x 0 Brasil de Pelotas, no Independência

  • Menor renda: R$ 59.000, em Cruzeiro 2 x 0 Brasil de Pelotas, no Independência

Leia Mais:
Atlético tem Hulk e Everson indicados a prêmios de melhores da Copa do Brasil