O Grêmio recebe o Avaí nesta quinta-feira (26), às 20 horas, em sua arena, buscando engatar a quarta vitória consecutiva no Campeonato Brasileiro, no que seria sua melhor sequência até o momento na competição à altura da 21.ª rodada.

Nos três últimos jogos, o "melhor futebol do Brasil", tão propagado por seu técnico, Renato Gaúcho, parece ter reencontrado de vez seu melhor momento. Foram três vitórias elásticas - 4 a 1 sobre o Cruzeiro, no Independência; 3 a 0 contra o Goiás, em casa, e 3 a 0 diante do Santos, na Vila Belmiro -, que igualaram a melhor "fotografia" do time no campeonato até agora, alcançada anteriormente na "trinca" frente a Fortaleza (1 a 0, em casa), Botafogo (1 a 0, fora) e Vasco (2 a 1, novamente como mandante), da oitava à décima rodada.

Tais resultados expressivos levaram a equipe gaúcha a 31 pontos, deixando-a bem próxima dos seis primeiros lugares da tabela de classificação. Ou seja, nas cercanias da zona de classificação para a Copa Libertadores, e com o moral elevado num momento que pode ser o mais crucial da temporada, uma vez que está a menos de uma semana da primeira semifinal do torneio continental, enfrentando o Flamengo.

"No Brasileirão, não começamos muito bem e nem na Libertadores, mas chegamos na semifinal. Melhoramos no nacional também. Acho que estamos no melhor momento do ano", opina o zagueiro Kannemann.

O argentino está confirmado para duelo desta quinta-feira diante dos catarinenses. Ao seu lado, no miolo da defesa, ele deve contar novamente com David Braz, que substitui Pedro Geromel, se recuperando ainda de uma lesão na coxa.

Nas laterais, ainda sem Léo (que só volta no ano que vem) e Léo Moura (em fase de transição do departamento médico para o campo), Rafael Galhardo deve atuar de novo pela direita. Já Bruno Cortez, que sentiu a panturrilha no jogo contra o Santos, deve dar lugar a Juninho Capixaba.

No meio, a ausência continua a ser a de Jean Pyerre, que faz tratamento para problema na coxa e tenta ficar à disposição ao menos para os compromissos pela Libertadores. Em seu lugar, Luan terá nova chance. Para a vaga de primeiro volante, estão na disputa Michel e Maicon.

Leia mais: