O Brasil está a uma vitória de garantir o terceiro título da Copa do Mundo de Voleibol Masculino. Neste domingo (13), em mais uma grande atuação do septeto verde e amarelo, os comandados de Renan Dal Zotto venceram a forte seleção da Polônia, por 3 sets a 2 (19/25, 25/23, 25/19, 16/25 e 15/11), pela nona rodada da competição.

O resultado garantiu o Brasil no topo da tabela de forma invicta: já são nove vitórias no torneio, que é disputado em formato de pontos corridos em Hiroshima, no Japão. Após esta vitória, a seleção passa a somar 26 pontos. Os poloneses ocupam a segunda colocação, com 22, e os Estados Unidos aparecem em terceiro, com 21 pontos.

A equipe verde e amarela começou sua trajetória na competição na cidade de Nagano, onde venceu o Canadá, a Austrália, o Egito, Rússia e Irã. Já em Hiroshima, onde joga nesta segunda etapa, bateu a Argentina, os Estados Unidos, Tunísia e, no dia de hoje, a Polônia.

O décimo dos 11 jogos programados para a Copa do Mundo será já nesta segunda-feira (14), quando o time brasileiro terá o Japão, donos da casa, como adversário. O duelo será às 7h20 (horário de Brasília), com transmissão ao vivo do SporTV 2.

Disputa

Na vitória sobre a Polônia, o oposto Alan foi quem mais pontuou, com o total de 27 pontos. O ponteiro Leal foi o segundo, com 21. Um dos mais experientes em quadra, o central Lucão falou sobre a importante vitória conquistada neste domingo.

“Foi uma grande partida. Ganhar da Polônia é sempre importante. Sempre nos encontramos e isso dá uma moral para esses próximos confrontos e também para seguirmos neste campeonato”, analisou Lucão.

Leal também comentou sobre o confronto. “Foi um jogo muito difícil e sabíamos que seria assim. A Polônia fez um bom jogo. Nós tivemos um pouco de dificuldade na recepção, mas jogamos até o final como um time e acho que merecemos essa vitória”, afirmou.

O técnico Renan comemorou o resultado positivo. “Estou muito feliz por essa vitória, que foi muito importante porque jogamos hoje com uma das principais seleções do mundo, atual campeã do mundo, e hoje foi a nossa nona partida em uma competição muito longa, duríssima, e foi um jogo extremamente delicado e difícil de ser jogado”, disse Renan.

Na Copa do Mundo, o Brasil conta com os levantadores Bruninho e Fernando Cachopa; os opostos Alan e Felipe Roque; os centrais Lucão, Maurício Souza, Isac e Flávio; os ponteiros Lucarelli, Leal, Douglas e Maurício Borges, e os líberos Thales e Maique.

A Copa do Mundo será a quinta competição da seleção brasileira masculina nesta temporada 2019. Antes, o Brasil disputou a Liga das Nações, os Jogos Pan-Americanos, o Pré-Olímpico e o Campeonato Sul-Americano.

*Com informações da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV)

Leia Mais:
Papo em Dia: 'A ponte para a seleção é estar bem no Minas' (Thaísa)
Ingressos à venda para o Desafio Minas x Rio de vôlei feminino, em Sete Lagoas
Fiat/Minas apresenta seu time e treinador mira conquista do Campeonato Mineiro