Clássico

Hoje sai o campeão: Minas e Cruzeiro decidem o título da Superliga Masculina de vôlei

Thiago Prata
@ThiagoPrata7
Publicado em 08/05/2022 às 04:00.
 (Eliezer Esportes/Minas Tênis Clube)

(Eliezer Esportes/Minas Tênis Clube)

“Minas Tênis Clube, decacampeão brasileiro”. Ou “Sada/Cruzeiro, heptacampeão da Superliga”. Duas possibilidades, um só desfecho para mais uma edição da principal competição nacional masculina de vôlei. O jogo que vai definir o vencedor do torneio 2021/22 se inicia às 10h deste domingo (8), no ginásio Sabiazinho, em Uberlândia. 

Se depender do que ocorreu até agora na trajetória dos dois rivais no campeonato atual, a promessa é de muita emoção. A começar pelas campanhas similares na primeira fase: cada um teve 20 vitórias e duas derrotas, mas o Fiat/Gerdau/Minas somou 61 pontos, contra 59 dos celestes.

Ainda na etapa classificatória, o equilíbrio imperou, com os minastenistas vencendo a Raposa no turno, na Arena Minas, por 3 a 1, e os cruzeirenses dando o troco, pelo mesmo placar, no returno, no Riacho.

Nos playoffs, o Minas eliminou Funvic Educacion Natal (quartas de final) e Guarulhos (semifinais), e o Sada despachou São José dos Campos (quartas) e Sesi (semi). Nenhum dos mineiros precisou de uma terceira partida em cada melhor de três contra seus respectivos adversários.

Os indícios de confrontos acirrados na decisão se confirmaram. No primeiro embate, em Betim, o Cruzeiro levou a melhor, de virada, por 3 a 2. Placar que se repetiu no segundo, em Uberlândia, só que dessa vez a favor do Minas. Independentemente para quem você for torcer neste domingo, a expectativa é de mais um duelo parelho e digno de dois gigantes do voleibol nacional e mundial.

Títulos

O Sada/Cruzeiro é o maior detentor de taças da Superliga Masculina (iniciada em 1994/95), com seis até agora: 2011/12, 2013/14, 2014/15, 2015/16, 2016/17 e 2017/18.

Já o Minas é o maior vencedor brasileiro da categoria, contabilizando todos os nomes que o campeonato nacional já teve. São nove títulos até o momento: 1963, 1964, 1984, 1985, 1986, 1999/2000, 2000/1, 2001/2 e 2006/7.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por