Aconteceu o que era esperado: o Cruzeiro não jogará contra o Deportivo Lara-VEN nesta quinta-feira (13), no segundo jogo pelo Grupo B da Copa Libertadores da América. O clube venezuelano, que já havia tido problemas para desembarcar no Brasil para o jogo que anteriormente estava marcado para quarta-feira, seguiu com dificuldades e não conseguiu deixar a Venezuela. Por isso, a partida não acontecerá nesta quinta-feira.

Apesar de a Raposa não se beneficiar tecnicamente com o placar de 3 a 0 por W.O, previsto no Regulamento da Copa Libertadores, do ponto de vista financeiro e jurídico o adiamento é muito mais favorável que o cancelamento do jogo.

Isso porque, em caso de cancelamento, o clube teria de devolver o valor pago por aproximadamente 37 mil torcedores que já haviam garantido ingressos antecipados para o confronto. Além disso, o regulamento da competição prevê que teriam de ser pagas todas as despesas relativas ao jogo, como arbitragem, hospedagem de membros da Conmebol em hotéis de Belo Horizonte, dentre outros.

O documento prevê ainda, que no caso do adiamento de uma partida pelo não comparecimento do time visitante, o mesmo tem de indenizar a Conmebol e o clube mandante. No entanto, o Deportivo Lara comprovou à Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) que tentou viajar para a disputa, mas que impedimentos causados por regras da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) do Brasil foram cruciais para que a delegação Rojinegra ficasse impedida de chegar em terras brasileiras.

A não vinda do Deportivo Lara a Belo Horizonte se deu por que a empresa aérea contratada pelo clube, a Turpial Airlines, estava descredenciada pela Anac. E isso impede que aviões da empresa circulem pelo Brasil.

A informação do novo adiamento do jogo Cruzeiro x Deportivo Lara foi adiantada pela Rádio Itatiaia. O Hoje em Dia inclusive já havia noticiado a possibilidade de não realização da partida justamente pelos problemas de logística vividos pelo clube venezuelano.

A nova data de Cruzeiro x Deportivo Lara deve ser em 27 de março. Por isso a partida entre a Raposa e o Tupi, que havia sido remarcada para o domingo, às 16h, volta para sábado.