Na estreia pelo Cruzeiro, Pezzolano espera ver 'time intenso' em 'primeira final'

Letícia Lopes e Thiago Prata
@leticialopesou @ThiagoPrata7
25/01/2022 às 16:16.
Atualizado em 26/01/2022 às 00:13
 (Gustavo Aleixo/Cruzeiro)

(Gustavo Aleixo/Cruzeiro)

Gustavo Aleixo / Cruzeiro

Se o Campeonato Mineiro não é visto como "amistoso", então o duelo com a URT, nesta quarta-feira (26), às 17h, no Independência, ganha ares de "primeira final". É desta forma que o técnico Paulo Pezzolano define seu início de trajetória pelo Cruzeiro.

"Nós encaramos o primeiro jogo com muito entusiasmo e muita gana de ganhar. Como falei, não teremos amistoso, porque é Estadual (…) Eles (jogadores) têm que pegar uma quantidade de minutos na intensidade que quero. Vai contar o (aspecto) físico, sem dúvidas. Começaremos com o melhor que temos na cabeça, com o melhor que temos fisicamente", destacou o treinador.

E prosseguiu: "ainda falta seguir acertando o time da maneira que queremos, atuar com a intensidade que queremos. Falta melhorar mais. Mas estamos tranquilos, porque trabalhamos muito bem. Estamos trabalhando no dia a dia para deixar o time forte".

Ele ressaltou ainda que é na prática e com a sequência de duelos que vai encontrar o time ideal, tanto física, quanto técnica e taticamente.

"Os jogadores vão entendendo a intensidade, com e sem a bola. As partidas vão demonstrar isso. Uma coisa é treinar, a outra é jogar, com mais dificuldade. É importante ver nos duelos quem está se adaptando melhor (ao estilo de jogo do treinador)", comentou.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por