A Fifa, entidade máxima do futebol profissional, autorizou na manhã desta sexta-feira (8), que os clube realizarem até cinco substituições em um único jogo, quando forem reiniciadas as competições da modalidade, paralisadas devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

A medida temporária vale a partir do dia 1º junho para os campeonatos com término no dia 31 de dezembro deste ano. A alteração também limita a três o número de paradas para que sejam feitas as cinco substituições durante os 90 minutos de partida. 

Aprovada pelo Internacional Association Board (IFAB) – órgão que regulamenta as regras do futebol mundial – a mudança visa “ao bem-estar do jogador”, diz o comunicado oficial publicado no site da entidade.  A preocupação diz respeito a possíveis lesões e sobrecarga física dos atletas, tendo em vista que após a retorno dos campeonatos o intervalo entre um jogo e outro será menor.

Leia também: 
Big Brother Arena MRV: pelo Youtube, torcedor mostra dia a dia da 'nova casa dos atleticanos'
Conselho Gestor vive últimos dias jogando pressão nos próximos presidentes do Cruzeiro e do Conselho