O Atlético não divulga prazo de retorno de seus jogadores lesionados. Por isso, fica a incógnita se Réver terá condições ou não de disputar a final da Copa do Brasil, contra o Athletico-PR, em partidas a serem disputadas nos dias 12 e 15 de dezembro, respectivamente, no Mineirão e na Arena da Baixada.

Na noite dessa segunda-feira (22), o departamento médico alvinegro informou, por meio da assessoria de imprensa do clube, que o zagueiro sofreu uma lesão no músculo posterior da coxa direita e já iniciou tratamento.

Trata-se de uma corrida contra o tempo para que ele, um dos xerifes da defesa atleticana, esteja 100% para os duelos finais da temporada e que valem o bicampeonato da Copa do Brasil.

Caso não tenha condições de atuar, o Atlético pode ter a zaga formada por Junior Alonso, titular absoluto da posição, e Igor Rabello, atualmente opção no banco de reservas. Isso porque Nathan Silva, um dos 11 principais da equipe mineira na campanha do Brasileirão, já jogou a competição pelo Atlético-GO.

Atlético

Nesta terça-feira (23), às 21h30, o Galo entra em campo contra o Palmeiras, no Allianz Parque, pela 35ª rodada da Série A.

Leia mais:
Sem sofrer gols em 50% dos jogos, Atlético figura no rol de melhores defesas dos Pontos Corridos
Atlético visita o Palmeiras, em um cenário similar ao do jogo contra o Athletico-PR
Palmeiras x Atlético: prováveis escalações, arbitragem e onde assistir ao jogo desta terça