Ronaldo diz que não vai desistir do acordo selado com o Cruzeiro e promete time para subir neste ano

Da Redação
esportes@hojeemdia.com.br
11/01/2022 às 11:39.
Atualizado em 18/01/2022 às 00:52
 (Rodrigo Sanches/Cruzeiro)

(Rodrigo Sanches/Cruzeiro)

Rodrigo Sanches/Cruzeiro

Depois que assinou a intenção de compra da Sociedade Anônima do Futebol (SAF), no dia 18 de dezembro de 2021, o ex-atacante Ronaldo se assustou com algumas situações envolvendo a crise da Raposa, a qual ele vê como “uma dívida bilionária”, e disse que a cada dia que “abre uma gaveta” encontra “uma surpresa negativa”.
 
Nesta terça-feira (11), em entrevista coletiva, ele admitiu que existem termos no contrato assinado que o permitem desistir da compra de 90% das ações da SAF. No entanto, promete seguir adiante com o processo de reestruturação do clube.

"No contrato há (uma possibilidade de) saída, mas está longe da minha cabeça e do meu pensamento desistir do projeto. No momento, estamos no processo de análise do clube, entender o tamanho do buraco, da dívida, os credores... Tem muita coisa a entender ainda. Mas meu desejo é continuar e ficar aqui até fazer com que o clube volte a ser grande como era antes", afirmou.

De acordo com ele, os primeiros objetivos são sanear a agremiação e montar uma equipe forte, com baixo custo, para subir à Série A do Brasileiro em 2022.

"Vamos buscar novas receitas para fazer o clube ter seu funcionamento adequado. Não quer dizer que não teremos uma equipe competitiva. Encontraremos jogadores com custo que se encaixe na realidade atual do clube e sejam competitivos para termos a possibilidade de voltar à Primeira Divisão neste ano", disse.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por