Principal contratação do América para a temporada, o atacante Mauro Zárate deu seu cartão de visitas com uma assistência logo na sua estreia com a camisa do Coelho.

Na vitória por 2 a 0 sobre o Athletico-PR, no último sábado (11), no Independência, pelo Campeonato Brasileiro, o argentino debutou com a camisa alviverde, doze dias após ter sido anunciado como reforço, e deu o passe decisivo para o gol de Lucas Kal, o segundo da partida.

Apesar do pouco tempo no CT Lanna Drumond, o argentino afirmou que não está tendo dificuldades em se adequar ao novo país e ao seu futebol. 

"Creio que estou adaptado, porque trato de sempre dar passes, usar o um contra um… Não encontrei nenhuma dificuldade na cidade, nem no futebol. Estou me adaptando muito bem. Estou me sentindo bem. Esperamos que a equipe siga por este caminho", disse o camisa 99, em entrevista coletiva, nesta quarta-feira. 

“À disposição”

Após Mauro Zárate ter atuado cerca de 25 minutos diante do Furacão, a expectativa do torcedor americano é de que o atacante seja aproveitado por ainda mais tempo no duelo com o Corinthians, neste domingo (19), Às 18h15, na Neo Química Arena, pela 21ª rodada do Brasileirão. 

Entretanto, após o triunfo sobre o Athletico, o técnico Vagner Mancini pregou cautela em relação a utilização do argentino como titular, citando a parte física do jogador, que ficou quase quatro meses sem atuar. 

Apesar da ressalva do comandante, se depender do próprio Zárate, a primeira partida no onze inicial do Coelho pode ser já neste domingo. 

"Estou bem, se quiser que eu inicie, perfeito. Se quiser que eu fique no banco e prestar atenção na partida, vou estar preparado também. Importante é ajudar o treinador", completou. 

A ausência do atacante Felipe Azevedo, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, pode contribuir diretamente para que Zárate tenha mais minutos contra o Timão, seja como titular, ou acionado durante o confronto. 

Leia mais
Cerveja liberada e portões fechados 1h antes; veja como será retorno da torcida aos estádios em BH
América pode se livrar do rebaixamento se mantiver aproveitamento com Vagner Mancini