Um adolescente de 14 anos morreu afogado enquanto curtia férias com o pai em Unaí, no Noroeste de Minas. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o menino estava na cachoeira Rio Preto quando submergiu. Um homem, que não teve a identidade revelada, tentou socorrer o jovem. Contudo, quase se afogou também. Ele foi resgatado por populares, mas o adolescente desapareceu nas águas da cachoeira.

O caso ocorreu por volta das 16h de quarta-feira (1º) e, desde então, os militares procuravam pelo adolescente. As buscas foram encerradas no período da noite e reiniciadas na manhã desta quinta-feira (2). Por volta das 10h20, o corpo foi encontrado. Ele estava a cerca de 800 metros do local do desaparecimento. De acordo com os bombeiros, não chovia no momento da ocorrência.

O jovem era natural de São Francisco, no Norte de Minas, e será encaminhado para sepultamento no município.

cachoeira Rio Preto

Afogamento aconteceu na tarde de quarta-feira, na cachoeira Rio Preto

Sul de Minas

Em Guapé, no Sul de Minas, três pessoas da mesma família morreram após uma cabeça d´água atingir a cachoeira do Parque Ecológico do Paredão. Conforme a Defesa Civil Estadual, paí, mãe e filha banhavam-se quando houve um aumento repentino no volume da água.

Várias pessoas estavam no local, mas conseguiram se salvar. As vítimas que foram arrastadas foram identificadas como Dafhine Carvalho Magalhães Couto, de 17 anos; Áurea Carvalho Magalhães Couto, de 39; e Emerson Luís de Magalhães Couto, de 45.

Leia mais:
Cabeça d’água que matou três pessoas em Guapé é repentina e difícil de prever
Cabeça d'água provoca mortes no primeiro dia de 2020 em Guapé, no Sul de Minas