Gabriel Lucas Alves, adolescente que teve a perna amputada após ser ferido com linha chilena, deixou o Centro de Terapia Intensiva (CTI) do Hospital Regional de Betim e foi para o quarto, na tarde desta sexta-feira (26). A família espera que o jovem de 15 anos, que passou por uma cirurgia de amputação na quarta-feira (24), receba alta no início da semana que vem.

Desde o dia em que ficou ferido, na tarde de sábado (20), quando voltava de um treino de futebol, Gabriel vem recebendo muitas mensagens de solidariedade. O sonho de se tornar um atleta agora ganhou um novo caminho: o adolescente está sendo incentivado a apostar no esporte paralímpico.

Para isso, o jovem ganhará uma prótese especial. Nesta sexta-feira, o fisioterapeuta Fabrício Daniel de Lima – profissional que atende a modelo mineira Paola Antonini, que perdeu uma das pernas em um acidente na Raja Gabaglia, em 2014 – garantiu que dará a prótese de presente para o garoto.

Os custos da prótese e do tratamento de reabilitação, estimado em R$ 80 mil, serão arcados pelo profissional de saúde. A expectativa é de que o menino esteja com o equipamento em até 40 dias, prazo para que sejam retirados os pontos da cirurgia e feitos os procedimentos de pré-protetização.

(*) Com Renata Evangelista

Leia mais:
Menino que teve perna amputada deixará CTI nesta sexta e se emociona com homenagens
Craques da Seleção Brasileira de Amputados projetam futuro para garoto ferido por linha chilena
Garoto que teve perna amputada ganhará prótese de fisioterapeuta de BH
Menino que teve a perna amputada recebe convite de paralímpicos: 'Sonho de ser atleta continua'