Um áudio creditado a um bombeiro de Minas Gerais sobre o coronavírus tem circulado pelas redes sociais e contribuído para disseminar informações falsas sobre o vírus e seu alcance no Estado. Por causa disso, o Corpo de Bombeiros divulgou, nesta sexta-feira (28), um comunicado e um vídeo desmentindo o áudio. Assista:

No áudio, uma voz masculina que se identifica como tenente-coronel Jeferson, do 13° Batalhão do Corpo de Bombeiros, afirma que os militares estão de plantão para construir um hospital, e que a doença já chegou à Região Metropolitana de Belo Horizonte. Segundo o falso bombeiro, a RMBH já contaria com mais de 50 casos confirmados da doença. 

No entanto, nem o nome citado como comandante da corporação nem o batalhão descrito existem no Estado. A informação verdadeira, confirmada pelas autoridades estaduais e federais de Saúde é que Minas tem, até então, 17 casos suspeitos da doença, e nenhum registro confirmado. 

Já no Brasil, há somente um caso confirmado de coronavírus, em São Paulo. Trata-se de um homem de 61 anos, morador de São Paulo, que esteve na Itália entre 9 e 21 de fevereiro.   

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais não foi acionado pelo governo estadual para atender ou apoiar qualquer situação envolvendo o coronavírus. Todas as informações oficiais sobre o assunto estão sendo divulgadas na página da Secretaria de Estado de Saúde

O tenente Pedro Aihara, porta-voz da corporação, finaliza o vídeo lembrando que "o Corpo de Bombeiros militar repudia, ainda, a veiculação de fake news ou de informações que causam falso alarde na população". 

Leia mais:

OMS eleva grau de risco de disseminação do coronavírus para muito alto
Igrejas recomendam evitar contato em missas para prevenir coronavírus
Alfenas e Viçosa monitoram possíveis casos suspeitos de coronavírus
Explosão de casos de coronavírus pode levar ao remanejamento de recursos em Minas