Alternativa aos ônibus, metrô opera com mais trens na manhã desta segunda

Lucas Sanches
@sanches_07
22/11/2021 às 10:16.
Atualizado em 05/12/2021 às 06:18
 (Frederico Haikal/Arquivo Hoje em Dia)

(Frederico Haikal/Arquivo Hoje em Dia)

Com os problemas enfrentados na paralisação dos motoristas de ônibus em BH, passageiros procuraram alternativas como o metrô para chegar ao destino nesta segunda-feira (22). Conforme informou a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), houve aumento no número de composições para atender a alta demanda

“Em razão do anúncio de greve do transporte rodoviário, mais trens foram disponibilizados para atendimento à população. O horário de atendimento no pico, com intervalo de 7 a 10 minutos, será estendido de acordo com a demanda monitorada pelo Centro de Controle Operacional”, diz a nota.

Por volta das 9h, a estação José Cândido, na região Nordeste de BH, por exemplo, apresentava fluxo normal de passageiros.

Ainda em horário de pico, a reportagem do Hoje em Dia verificou que ambos os sentidos do metrô seguiam normalmente. O intervalo entre os trens foi respeitado, e os vagões não apresentavam lotação. Além disso, os ocupantes pareciam cumprir as medidas de saúde e segurança, com uso de máscara e distanciamento social na medida do possível dentro do transporte.

Passageiros contaram que o metrô foi a única opção viável no momento. Sem ônibus e com preços acima da média em aplicativos, muitos escolheram o metrô para, depois, completar o caminho a pé, se preciso.

A assessoria da companhia ainda explica que conta com uma composição posicionada para operar caso haja um aumento de passageiros.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por