O governo de Minas recomendou, nesta quarta-feira (5), que as pessoas evitem viajar durante a pandemia de Covid-19. No entanto, declarou que quem o fizer deve cuidar ao máximo das medidas de prevenção ao contágio pela doença.

Nessa segunda (3), o Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, na Região Metropolitana, voltou a receber voos internacionais, após mais de quatro meses.

"Não tem justificativa nenhuma, neste momento, de uma epidemia, nós termos uma exposição [ao coronavírus] além do necessário. Se você puder evitar se expor, evite se expor", declarou o secretário de Estado de Saúde, Carlos Eduardo Amaral. 

Segundo o gestor, "não é proibido" viajar. No entanto, se a pessoa decidir por fazê-lo, deve procurar ter "bom senso". "Se faz a opção por viajar, que se cuide ao máximo, que mantenha distanciamento, o uso de máscaras, que evite aglomeração", disse.

Conforme Amaral, é importante redobrar a atenção com espaços onde passam muitas pessoas, como hotéis, pois o vírus pode estar nessas superfícies.