Após os transtornos que a forte chuva que atingiu Sabará, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, causou na tarde dessa sexta-feira (7), os moradores da cidade histórica tiveram um respiro durante a madrugada deste sábado (8). 

De acordo com a prefeitura do município, apesar da trégua, a Defesa Civil permanece com o estado de alerta para o risco de transbordamento do Rio Sabará. Os moradores e comerciantes da margem foram orientados a procurar um local seguro. 

Na tarde dessa sexta-feira, 18 casas foram inundadas, seis residências tiveram a estrutura afetada e oito famílias foram desalojadas no bairro Borba Gato, após o córrego Soledade transbordar. Conforme a administração municipal, desde o início do período de chuvas, a limpeza e a desobstrução das margens do córrego foi intensificada, porém o volume de chuva foi muito alto. “Não há obras de drenagem da Prefeitura que pudessem evitar as inundações provocadas pelas águas pluviais, senão a sob a rodovia”, afirmou por meio de nota. 

Leia maisBH tem alerta de risco geológico para toda a cidade; Defesa Civil reforça monitoramento
Número de desabrigados pelas chuvas em Minas já é o dobro do registrado no último ano