Após registrar um grande volume de chuvas nesta quarta-feira (15) em vários bairros de Belo Horizonte, a Defesa Civil emitiu um novo alerta de risco geológico nesta quinta-feira (16). De acordo com o órgão, as precipitações aumentam o risco de quedas de muros, deslizamentos e desabamentos. O alertá é válido até domingo (19), já que há previsão de que haja mais chuvas na região nos próximos quatro dias. 

Quase três mil moradores de vilas e favelas de Belo Horizonte redobraram a vigilância devido às chuvas. Somente nos últimos 15 dias, dez famílias foram obrigadas a deixar os imóveis por causa do risco de desabamento ou deslizamento de terra provocados pelo solo encharcado de água.

Na última terça-feira (14), uma casa desmoronou no bairro Jardim Montanhês, região Noroeste. Uma mulher e quatro netos estavam na residência e, por muito pouco, conseguiram se salvar. Três cachorros morreram.

De acordo com a Defesa Civil, o atual alerta de risco geológico é para toda a cidade, mas a atenção deve ser ainda maior nas regionais Norte, Pampulha, Nordeste, Noroeste, Centro-Sul e Oeste, devido ao grande volume de chuvas registrado nos últimos dias. 

Um alerta de risco geológico já havia sido emitido pela Defesa Civil no último dia 10. Na primeira quinzena de janeiro, em quatro regionais já choveu todo o volume esperado para o mês.

Veja as recomendações da Defesa Civil:⠀⠀
⠀⠀
- Coloque calha no telhado da sua casa.
⠀⠀
- Conserte vazamentos em reservatórios e caixas-d'água.
⠀⠀
- Não jogue lixo ou entulho na encosta.
⠀⠀
- Não despeje esgoto nos barrancos.
⠀⠀
- Não faça queimadas.
⠀⠀
Sinais de que deslizamentos podem acontecer:
⠀⠀
- Trinca nas paredes.
⠀⠀
- Água empoçando no quintal.
⠀⠀
- Portas e janelas emperrando.
⠀⠀
- Rachaduras no solo.
⠀⠀
- Água minando da base do barranco.
⠀⠀
- Inclinação de poste ou árvores.

Leia mais:
Bazar criado para ajudar em tratamento de criança é destruído por enchente no Barreiro
Em quatro regiões de BH, já choveu mais do que todo volume esperado para o mês