A Defesa Civil de Belo Horizonte vai fechar a avenida Vilarinho, em Venda Nova, neste sábado (21) para um treinamento preventivo de risco de inundação em caso de chuvas fortes.

Segundo o órgão, vão ser colocadas barreiras em vários pontos da via para impedir o tráfego de veículos e o simulado vai contar também com agentes da BHTrans, do Centro Integrado de Operações (COP-BH), da Guarda Municipal, da Polícia Militar e da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) e do Corpo de Bombeiros Militar. O ponto de encontro das equipes será no Posto de Comando instalado na avenida Cristiano Machado, 12.001, na Vila Cloris, região Nordeste da capital.

A Prefeitura de Belo Horizonte anunciou, nessa quinta-feira (19), um novo plano de obras para tentar solucionar o problema das enchentes que atingem a Vilarinho, com prazo de entrega previsto para 2025.

O projeto foi dividido em três etapas classificadas como: TR (tempo de referência) 10 anos - projetado para chuva com ocorrência a cada década; TR 25 anos - para precipitações que ocorrem a cada 25 anos; TR 50 anos - capaz de suportar volume de água de cerca de 100 milímetros de chuva, índice parecido com a chuva que caiu em BH em 15 de novembro do ano passado quando quatro pessoas morreram em Venda Nova. 

Entre as vítimas, estavam uma mulher, de 40 anos, e a filha dela, de apenas 6, que foram encontradas abraçadas e com um terço nas mãos.

Roteiro do simulado

8h - Briefing de Preparação (Faminas)
8h30 - Emissão de Alerta
8h33 às 8h50 - Monitoramento Visual
8h50 às 9h - Bloqueio de Vias
9h05 - Desbloqueios das Vias
9h10 - Atendimento à Imprensa 

Leia mais:
PBH constata erro, muda projeto e entrega das obras contra enchentes na Vilarinho fica para 2025
Kalil aponta 9 pontos críticos em BH e prevê fim das inundações em 12 anos
Temporal alaga avenida Vilarinho e carros são arrastados; confira o vídeo