A Prefeitura de Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, iniciou, na manhã deste domingo (13), o cadastro de caminhoneiros para vacinação contra a Covid-19. O registro pode ser realizado até terça-feira (15), por meio deste link. Ainda não há data para o início da imunização da categoria.

De acordo com o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação (PNOV), são considerados, para fins de vacinação prioritárias nesse grupo, o "motorista de transporte rodoviário de cargas", sejam eles registrados, cooperados ou autônomos. A regulamentação da categoria é feita por uma lei federal de março de 2012 (Lei 13.103).

No ato da imunização, o caminhoneiro precisa apresentar um documento que comprove o exercício da função em alguma empresa da cidade, além da carteira de habilitação (para motorista categoria C ou E).

Para realizar o cadastro e ser vacinado posteriormente, é preciso apresentar um dos documentos a seguir:

  • Carteira de trabalho ou crachá funcional; ou
  • Contracheque com documento de identidade; ou
  • Carteira de sócio(a) de cooperativa do transporte de carga (categoria de motorista); ou
  • Carteira de sócio(a) dos sindicatos de transportes (categoria de motorista); ou
  • Comprovante de inscrição no Registro Nacional de Transportadores Rodoviários de Cargas (RNTRC).

Leia mais:
Contagem amplia campanha e imuniza caminhoneiros e pessoas de 57 e 58 anos a partir de segunda
Brasil registra 78,7 mil novos casos de Covid-19 e 2.037 mortes
Por faixa etária: 110 municípios iniciaram vacinação de pessoas sem comorbidades em Minas
Essenciais, caminhoneiros de BH comemoram vacinação contra a Covid: 'parece final de Copa do Mundo'