Betim amplia funcionamento das atividades não essenciais a partir desta quinta-feira

Rosiane Cunha
rmcunha@hojeemdia.com.br
05/05/2021 às 20:38.
Atualizado em 05/12/2021 às 04:51
 (Secom/PMB)

(Secom/PMB)

Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), vai ampliar o horário de funcionamento dos serviços não essenciais a partir desta quinta-feira (6). Conforme decreto já publicado, lojas de roupa, salões de beleza, tabacaria, livrarias, imobiliárias e atividades de recreação e lazer poderão abrir das 9h30 às 17h30.

Até esta quarta (5), essas atividades estavam liberadas apenas das 10h às 16h. Bares, restaurantes e lanchonetes das 10h às 20h. No entanto, continua vedado o consumo de bebida alcoólica dentro dos estabelecimentos e em via pública. 

Já os shoppings, galerias e feiras funcionam das 11h às 20h. A novidade é que a partir de sábado (8), esses comércios ganham uma hora a mais, desde que respeitados todos os protocolos sanitários. A mudança incide sobre o horário de abertura, agora às 10h. O encerramento permanece às 20h.

Em Betim, os templos religiosos estão autorizados a funcionar somente com 25% da capacidade. Já os espaços de educação superior, de nível técnico, cursos livres, atividades esportivas e clubes sociais poderão funcionar das 9h às 21h, http://www.betim.mg.gov.br/arquivosorgao/orgaooficial_14_2144_1_05052021.pdf.

Atividades como cinemas, teatros, museus, parques de diversões, casas de shows seguem proibidas. Quem descumprir os protocolos está sujeito a multa de até R$ 4,5 mil, além da suspensão e cassação do alvará. 

Normas

Dentre as normas sanitárias, o uso de máscara, capacidade máxima de um cliente/funcionário a cada três metros, distanciamento mínimo de 1,5 metro entre as pessoas, organização de filas com distanciamento - incluindo na parte externa do estabelecimento-, ventilação de ambientes e álcool 70% disponível a todos.

Covid-19

Até esta quarta-feira (5) a cidade tem 24.937 casos confirmados de Covid-19, com 967 mortes. A taxa de ocupção dos leitos de UTI está em 71%. Segundo a prefeitura, dos 175 leitos disponíveis, 125 estão ocupados.

Leia mais:

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por