A Defesa Civil de Belo Horizonte alertou, na tarde desta terça-feira (23), para a possibilidade de temporal nas próximas horas na capital mineira. O aviso é válido até 8h desta quarta-feira (24).

De acordo com o órgão municipal, há chance de chuva em quantidade entre 20 e 40 milímetros, acompanhada de raios e rajadas de vento em velocidade de 50 quilômetros por hora. 

Como há previsão de mais chuva no município, a Defesa Civil renovou o alerta de risco geológico, que expiraria nesta quarta-feira (24), e o reclassificou para o nível alto até sábado (27).  

O órgão recomendou atenção no grau de saturação do solo e nos sinais construtivos. Ou seja, devido ao encharcamento do solo, ocasionado pelas chuvas recentes e pelas que ainda devem cair, pode haver deslizamentos, afundamentos e desabamentos em terrenos e construções da cidade.

Mais chuvas

Para esta quarta, BH deverá ter dia com céu com muitas nuvens e possibilidade de chuva isolada. A temperatura, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), deverá variar entre 16°C e 30°C, com umidade relativa do ar alternando entre 40% e 100%, a depender da hora do dia.

Fevereiro tem registrado chuvas fortes em Belo Horizonte e causado estragos na capital. Entre eles, está a formação de buracos e de lama na Tereza Cristina, uma das principais avenidas da cidade. Veja o vídeo:

Abaixo, veja recomendações para o período de chuvas:

Recomendações para a prevenção a estragos no período chuvoso:

  • Coloque calha no telhado da sua casa.
  • Conserte vazamentos em reservatórios e caixas-d'água.
  • Não jogue lixo ou entulho na encosta.
  • Não despeje esgoto nos barrancos.
  • Não faça queimadas.⠀⠀

Sinais de que deslizamentos podem ocorrer:⠀⠀

  • Trinca nas paredes.
  • Água empoçando no quintal.
  • Portas e janelas emperrando.
  • Rachaduras no solo.
  • Água minando da base do barranco.
  • Inclinação de poste ou árvores.

Recomendações para o período chuvoso:

  • Redobre a sua atenção! Evite áreas de inundação e não trafegue em ruas sujeitas a alagamentos ou perto de córregos e ribeirões nos momentos de forte chuva.
  • Não atravesse ruas alagadas nem deixe crianças brincando nas enxurradas e próximo a córregos.
  • Não se abrigue nem estacione veículos debaixo de árvores.
  • Atenção especial para áreas de encostas e morros.
  • Nunca se aproxime de cabos elétricos rompidos. Ligue imediatamente para CEMIG (116) ou Defesa Civil (199).
  • Se notar rachaduras nas paredes das casas ou o surgimento de fendas, depressões ou minas d’água no terreno, avise imediatamente a Defesa Civil.⠀
  • Em caso de raios, não permaneça em áreas abertas nem use equipamentos elétricos.

Leia mais:
Ministério da Saúde confirma seis casos de variante amazonense do coronavírus em Minas
TJRJ decide suspender deputada Flordelis de suas atividades
Provável eliminação de Karol Conká do BBB estimula promoções em estabelecimentos de BH