Belo Horizonte já confirmou 756 casos de dengue em 2021. De acordo com balanço divulgado nesta sexta-feira (6) pela Secretaria Municipal de Saúde (SMSA), outros 319 estão com resultados pendentes, o que pode elevar o número de contaminados.

As regiões com maior incidência de casos são Noroeste (com 152 confirmados e 38 suspeitos) e Nordeste (com 146 confirmados e 33 suspeitos). Segundo o boletim, ao longo do ano, 3.830 notificações foram investigadas e descartadas. 

Da Chikungunya, que também ocorre pela picada do mosquito Aedes aegypti, já foram notificados 47 casos em BH, com 39 confirmados. Desse total, 26 vieram da própria cidade, 12 de outro local e um com origem indefinida. Até o balanço desta sexta, oito casos estavam sendo investigados. 

Também provocada pela picada do Aedes aegypti, a Zika já teve oito casos notificados, sendo sete descartados e um permanece em investigação. 

Leia mais:

Homem que matou a tiros e atropelou vítima irá a júri popular em BH
Farmácia de Minas tem 22 medicamentos em falta; confira a lista
Polícia Civil vai investigar circunstâncias da morte de homem atropelado pelo metrô em BH