A taxa de transmissão da Covid-19 segue crescendo em Belo Horizonte, que se mantém no nível amarelo de alerta. O Boletim Epidemiológico divulgado pela Prefeitura nesta terça-feira (7) mostra que o índice de infecção chegou a 1,06.

A marca atual é mais alta que o 1,05 da última segunda-feira (6) e similar à do dia 23 de setembro, última vez que a taxa atingiu um patamar tão alto. O dado divulgado nesta terça (7) indica que a cada 100 pessoas infectadas pelo coronavírus, há risco de outras 106 se contaminarem. O ideal é que o índice permaneça abaixo de um.

A taxa de ocupação de leitos de enfermaria exclusivos para Covid-19 aumentou de 44,9% para 50,2% de segunda (6) para terça (7), chegando ao nível amarelo de alerta. Já a taxa de leitos de UTI ocupados por pacientes com coronavírus é de 43,6%, indicando nível verde de alerta.

Desde o início da pandemia, a capital mineira já registrou 293.672 casos de Covid-19 e 7.048 pessoas morreram em decorrência da doença. No momento, 853 pacientes seguem em acompanhamento médico.

Vacinação
De acordo com o Boletim Epidemiológico desta terça, 2.139.696 pessoas receberam a primeira dose ou dose única das vacinas em BH. Destes, 1.911.228 receberam a segunda aplicação dos imunizantes.

Foram 60.898 pessoas vacinadas com a Janssen e 350.901 receberam a dose de reforço na capital.

 

Leia mais:
Mais de 80% da população está com o esquema vacinal contra a Covid-19 completo em Minas
Apesar de 80% de vacinados em Minas, uso facultativo de máscaras e Carnaval não estão no radar