Belo Horizonte vai implantar aproximadamente 80 quilômetros de faixas exclusivas para ônibus. As intervenções irão ocorrer em importantes avenidas - como Andradas e José Cândido da Silveira - de seis regiões da capital. O projeto será divido em três fases, sendo que as duas primeiras deve ser concluídas em 2022.

Atualmente, BH tem mais de 47 km de pistas exclusivas ou preferenciais para coletivos. Com as mudanças, segundo a BHTrans, a expectativa é de redução no tempo dos deslocamentos, aumentando em até 20% a velocidade operacional dos coletivos. Outros ganhos, conforme a empresa, são para as condições de travessia e acessibilidade, além da redução dos custos operacionais.

A proposta consta no novo Plano de Mobilidade Urbana (PlanMob-BH), apresentado pela BHTrans em 31 de agosto. A primeira etapa do processo já começou, com orientações aos motoristas na região central. 

Serão 10,6 km de extensão no primeiro terço do projeto, orçado em R$ 3,9 milhões. A segunda fase, com custo de R$ 39 milhões, prevê 64,3 km. A última etapa, ainda sem previsão do gasto necessário, terá mais 3,8 km de vias exclusivas.

Saiba onde haverá implantação de faixas exclusivas para ônibus:

Noroeste

  • avenida Abílio Machado;
  • avenida Brigadeiro Eduardo Gomes;
  • avenida Ivaí;

Centro-Sul e Oeste

  • avenida Afonso Pena/rua Rio Grande do Norte/rua Professor Moraes;
  • avenida do Contorno;
  • avenida dos Andradas;
  • avenida Augusto de Lima;
  • avenida João Pinheiro/Praça da Liberdade/avenida Cristóvão Colombo;
  • avenida Nossa Senhora do Carmo/BR-356;
  • avenida Raja Gabaglia/avenida Álvares Cabral/rua Santos Barreto/ rua Rodrigues Caldas/ avenida Olegário Maciel/rua Curitiba/rua São Paulo;

Venda Nova

  • rua Padre Pedro Pinto;

Pampulha

  • avenida Portugal;
  • rua Conceição do Mato Dentro/rua Monteiro Lobato/rua Apucarana/rua Sena Madureira;

Nordeste

  • avenida José Cândido da Silveira;

Leste

  • avenida Assis Chateaubriand/rua Raul Mendes/rua Azurita/rua Flávio dos Santos;
  • avenida Silviano Brandão/rua Pouso Alegre;
  • rua Curvelo/rua Itajubá/rua Salinas;
  • avenida Francisco Sales;
  • rua Álvares Maciel/rua Major Barbosa/rua Ten. Anastácio Moura/rua Euclásio/rua Santa Luzia;
  • rua Niquelina/rua Domingos Vieira;
  • avenida dos Andradas

Leia Mais:
Veja em quais cidades de Minas foram identificados os 174 casos da variante Delta da Covid-19
Tarifa de escassez de energia deve turbinar ainda mais a inflação