Belo Horizonte, a partir dessa quarta-feira (14), começa a vacinar idosos de 63 anos, completos até 30 de abril, contra a Covid-19. A ampliação da campanha na capital mineira foi realizada após recebimento de nova remessa de imunizantes. Na quinta (15), profissionais da saúde de 43 a 49 anos também passarão a receber as doses.

Para os idosos a vacinação será realizada das 7h30 às 16h30 nos centros de saúde da capital e postos fixos. Os pontos drive-thru funcionam das 8h às 16h30. Veja os endereços.  Para a imunização, é preciso levar um documento de identidade, CPF e comprovante de residência. Todos devem estar de máscara e respeitar o distanciamento nas unidades. O ideal é que apenas uma pessoa acompanhe quem será vacinado, para evitar aglomerações.

Pessoas do público-alvo com mobilidade reduzida ou acamados devem fazer o cadastro no portal da prefeitura para receber a vacina em casa.

Trabalhadores da saúde

Já os trabalhadores da saúde com idade entre 43 e 49 anos, que fizeram o cadastro no portal da PBH até as 23h59 em 9 de abril, receberão a primeira dose da vacina contra a Covid-19 na quinta e sexta-feira (16). A imunização será feita em pontos exclusivos e os endereços estão disponíveis no portal da prefeitura.

Caso o profissional cadastrado não compareça aos pontos de vacinação nessa data, é necessário procurar um dos locais disponíveis nesta lista, levando todos os documentos, entre 7h30 e 16h30. 

Para ser imunizado, o trabalhador deve cumprir os seguintes requisitos:

  • exercer a atividade em estabelecimentos de saúde de Belo Horizonte;
  • ter preenchido o cadastro para a vacinação de trabalhadores da saúde, de forma válida, até 23h59 de 9 de abril;
  • ter completado 43 anos ou mais até 30 de abril;
  • não ter recebido vacina contra a Covid-19;
  • não ter recebido qualquer outra vacina nos últimos 15 dias;
  • não ter tido Covid com início de sintomas nos últimos 30 dias.

Os trabalhadores da saúde precisam levar os seguintes documentos:

  • Documento de identificação com foto;
  • Registro no conselho profissional;
  • Documento que comprove a vinculação ativa do trabalhador com serviço de saúde localizado em Belo Horizonte por meio da apresentação de: Comprovante de pagamento (contracheque) emitido nos últimos 3 meses; ou Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) com especificação da função; ou Contrato de trabalho; ou Relatório do CNES; ou Declaração de Imposto sobre a Renda - Pessoa Física 2020, com a identificação da ocupação principal declarada; ou Declaração de vinculação ativa como trabalhador de saúde emitida pelo serviço de saúde.

Segunda dose para idosos de 73 e 74 anos

A antecipação da aplicação da segunda dose da vacina neste público será nos postos fixos, extras e pontos de drive-thru das 7h30 às 13h do próximo sábado (17). O endereço dos locais está disponível no portal.

É necessário a apresentação do documento de identidade, CPF e comprovante de residência, além do cartão de vacinação que conste a aplicação da primeira dose.

Leia Mais:
Quem já teve Covid-19 precisa aguardar 30 dias para tomar vacina, alerta especialista
Taxa de transmissão da Covid em BH é a menor desde 5 de fevereiro
133 mil pessoas devem se vacinar contra a gripe em BH a partir desta segunda; veja onde se imunizar