Casos da variante Delta do novo coronavírus continuam aumentando em Minas Gerais. Segundo levantamento feito pela Secretaria de Estado de Saúde, divulgado nesta quinta-feira (30), 644 amostras analisadas testaram positivo para a cepa. O último balanço da pasta indicava 628 casos - um aumento de 16 registros em um dia.

No total, 135 cidades mineiras têm casos da variante Delta, de acordo com o Painel de Monitoramento da SES. Em 1º lugar está Juiz de Fora, na Zona da Mata, com 99 amostras positivas. A capital vem logo na sequência, com 80 amostras. Todas as outras 133 cidades reigistraram, no máximo, 20 casos.

Ainda de acordo com a pasta, a idade dos pacientes infectados varia de um mês a 95 anos. São 365 casos em mulheres (57%) e 276 em homens (42%), além de três casos não informados. 

O número de mortes pela variante Delta da Covid-19 se manteve. Até o momento, são nove, distribuídas em oito municípios: Piraúba (1), Caratinga (2), Rio Novo (1), Claro dos Poções (1), Uberaba (1), Cabeceira Grande (1), Contagem (1) e Belo Horizonte (1).

Medidas adotadas

De acordo com a SES, o monitoramento dos casos é feito junto com as Secretarias Municipais de Saúde e Unidades Regionais de Saúde. A pasta ainda reforça a vacinação como principal medida de prevenção ao vírus. 

"É imprescindível que a população, que integre os grupos prioritários do Programa Nacional de Imunizações (PNI), não deixe de procurar uma unidade de saúde para a vacinação contra a Covid-19, sem esquecer do reforço da segunda dose, já que só com o esquema completo é possível reduzir a transmissão da doença e evitar a forma grave da doença", explicou em nota.

Leia mais:
Cidades mineiras já podem aplicar a 3ª dose em profissionais da Saúde e idosos acima de 60 anos
Bolsonaro faz lançamento simbólico de Centro Nacional de Vacinas em BH